A política pública brasileira de resíduos sólidos e os atuais desafios para sua efetivação

Valéria Pereira Bastos

Submited: 2020-09-24 02:44:45 | Published: 2019-07-05 00:00:00

Full text
PDF

Resumen

Esse artigo apresenta os desafios enfrentados pelos catadores de materiais recicláveis, após o encerramento do Lixão de Gramacho maior lixão da América Latina, precisamente no Brasil, no estado do Rio de Janeiro, município de Duque de Caxias, Baixada Fluminense. O estudo teve como referência, identificar até que ponto as políticas públicas se fizeram presentes como uma das vias de acesso para sobrevivência desses trabalhadores que atuavam no lixão, e após trinta anos de atividade, não contariam mais com o espaço para a catação na busca do seu sustento e da família. Assim como o sub- bairro que ele estava instalado, considerando que a vida econômica ativa girava em torno das atividades complementares ao processo de catação, além dos danos sofridos pela própria natureza da atividade. Para compreensão dos fatos, o estudo se respaldou em pesquisa documental, observação participante e ainda de entrevista semiestruturada para a escuta dos sujeitos envolvidos, com a finalidade de ponderar perdas e ganhos viabilizados pelo apoio governamental ancorado pela Lei nº 12.305/2010 – Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), bem como os benefícios da Política de Assistência Social.

Pereira Bastos V. A política pública brasileira de resíduos sólidos e os atuais desafios para sua efetivação. LIDER. 2019;21(34): 38-62. Disponible en: https://revistaliderchile.com/index.php/liderchile/article/view/19 [Accessed 26 Nov. 2022].
Pereira Bastos, V. (2019). A política pública brasileira de resíduos sólidos e os atuais desafios para sua efetivação. Revista LIDER, 21(34), 38-62. Recuperado de: https://revistaliderchile.com/index.php/liderchile/article/view/19 26 Nov. 2022

Enlaces refback

  • No hay ningún enlace refback.


Copyright (c) 2020 Revista LIDER

Licencia de Creative Commons
Este obra está bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-NoComercial-CompartirIgual 4.0 Internacional.